“Together”: uma vigília de oração ecumênica pelo Sínodo

Mais Lidos

  • “O mundo da educação foi sobrecarregado e perturbado pelo surgimento do ChatGPT”. Discurso do cardeal José Tolentino de Mendonça

    LER MAIS
  • O “Filioque” e a história. Artigo de Flávio Lazzarin

    LER MAIS
  • Inaugurado o novo escritório do Serviço Jesuíta a Migrantes e Refugiados na UNISINOS: um sonho de Pedro Arrupe

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

26 Setembro 2023

O Papa Francisco convidou os responsáveis pelas Igrejas das diversas confissões a se unirem a ele em oração no dia 30 de setembro para confiarem juntos ao Espírito Santo os trabalhos da XVI Assembleia Geral Ordinária do Sínodo da Igreja Católica.

As informações foram publicadas por Together2023

Essa vigília de oração ecumênica, que ocorrerá na Praça São Pedro, será presidida pelo Papa Francisco, na presença do Patriarca Ecumênico Bartolomeu, do arcebispo de Canterbury, Justin Welby, e de muitos outros responsáveis de Igrejas, assim como de milhares de cristãos de diversas confissões.

A vigília de oração será uma oportunidade para confiar ao Espírito Santo os trabalhos da XVI Assembleia Geral do Sínodo da Igreja Católica.

A vigília de oração será precedida por uma celebração de ação de graças por quatro dons: gratidão pelo dom da unidade e pelo caminho sinodal, pelo dom do outro, pelo dom da paz e pelo dom da Criação. A própria vigília inclui a escuta da Palavra de Deus, o louvor e a intercessão, os cantos de Taizé e o silêncio – um sinal forte de fraternidade, unidade e paz.

Enquanto as Igrejas celebram o Tempo da Criação, a Praça São Pedro também se tornará “como um jardim”, cheio de árvores e flores, assim como com a presença da Cruz de São Damião de São Francisco.

O programa que antecederá a oração e a vigília ecumênica será transmitido ao vivo pelo Vatican Media, por meio de seu canal no YouTube, com tradução em oito idiomas.

O programa “Together” em Roma para jovens adultos

Milhares de jovens adultos de 18 a 35 anos, provenientes de diversos países, também participarão de um programa de laboratórios e encontros que ocorrerá em Roma, de 29 de setembro a 1º de outubro, e incluirá a vigília de oração ecumênica na Praça São Pedro e, no início da tarde de sábado, oração de louvor e adoração na Basílica de São João de Latrão.

Entre os temas das oficinas: escutar os refugiados, falar sobre suas experiências, aprender com outras confissões e religiões, visitar a obra das missões da cidade com pessoas marginalizadas, reconhecer Cristo na diversidade das nossas tradições, mesas redondas ecumênicas, preocupar-se com a Criação.

Rezar juntos em todo o mundo

No mesmo espírito, orações comuns serão organizadas em todo o mundo no dia 30 de setembro ou próximo a essa data. Até agora, foram programadas mais de 200, com cristãos de diversas Igrejas partilhando a oração e a reflexão em seus próprios países. A cada dia somam-se mais – um mapa dos eventos fornece informações precisas para cada oração no mundo.

Gênese da reunião do povo de Deus

O projeto nasceu em outubro de 2021, quando o Ir. Alois, prior de Taizé, foi convidado a falar na abertura do processo sinodal da Igreja Católica. Ele declarou naquela ocasião: “Por meio do batismo, somos irmãs e irmãos em Cristo, unidos em uma comunhão ainda imperfeita, mas muito real, mesmo quando as questões teológicas permanecem sem resposta. Tal reunião – aqui em Roma e simultaneamente em outras partes do mundo – teria no centro uma sóbria celebração de escuta da Palavra de Deus, com um longo momento de silêncio e uma intercessão pela paz”.

A preparação da vigília foi um verdadeiro exercício de sinodalidade, com o desejo de envolver desde o início inúmeros parceiros eclesiais: mais de 50, de diferentes origens confessionais, que trabalharam juntos em estreita colaboração com a Secretaria do Sínodo em Roma, o Dicastério para a Promoção da Unidade dos Cristãos, o Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, e o Vicariato de Roma. A lista completa dos parceiros envolvidos está disponível aqui.

Um evento ecumênico

Estarão presentes em Roma inúmeros responsáveis de diversas confissões cristãs: 12 chefes de Igrejas convidados pelo Santo Padre; delegados fraternos que participarão da assembleia sinodal; bispos ortodoxos e orientais e pastores protestantes de Roma; responsáveis de Igrejas que responderam ao convite da comissão de preparação “Together”.

Reações

No dia 24 de setembro, ao término da oração dominical do Ângelus, o Papa Francisco disse: “Renovo o convite para participar na Vigília Ecumênica de Oração que ocorrerá no próximo sábado, 30 de setembro, na Praça São Pedro, em preparação para a assembleia sinodal que iniciará no dia 4 de outubro”.

Sua Santidade o Patriarca Bartolomeu gravou uma mensagem vídeo na qual, entre outras coisas, diz: “Estou grato por dirigir estas poucas palavras aos jovens ortodoxos e a todas as pessoas de boa vontade que pretendem participar no Encontro do Povo de Deus em Roma e em muitos outros lugares do mundo. Com grande alegria, aceitei o convite do meu amado irmão, Sua Santidade o Papa Francisco, para participar na vigília ecuménica de oração que se realizará no dia 30 de setembro”.

O arcebispo de Canterbury, Justin Welby, que também estará presente, declarou sobre o “Together”: “Não devemos subestimar o impacto que podemos ter como cristãos sobre o restante do mundo, porque é um impacto dado pelo Espírito Santo. Como sinal visível de unidade, esta vigília de oração ecumênica é uma oportunidade para todos nós nos reunirmos e inspirarmos a mudança. Espero que o ‘Together – Reunião do Povo de Deus’ seja uma experiência estimulantes para todos os que participarem”.

A secretária geral da Federação Luterana Mundial, Rev. Anne Burghardt, declarou em uma entrevista: “Gostaria de expressar minha profunda alegria por essa iniciativa, porque iniciativas como essa, que reúnem jovens de todo o mundo para dialogar, são simplesmente maravilhosas quando se trata de promover a unidade dos cristãos”.

Para mais informações:

- Site oficial

- Facebook

- Instagram

- X (ex-Twitter) 

- #Together2023

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

“Together”: uma vigília de oração ecumênica pelo Sínodo - Instituto Humanitas Unisinos - IHU