Pedidos 150 anos para o responsável pelo massacre dos jesuítas

Mais Lidos

  • O Novo Ensino Médio e as novas desigualdades. Artigo de Roberto Rafael Dias da Silva

    LER MAIS
  • Elon Musk e o “fardo do nerd branco”

    LER MAIS
  • “Um Netanyahu em plena fuga para a frente vai responder ao Irã, e apenas os EUA podem evitar o pior”

    LER MAIS

Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

13 Mai 2019

A Procuradoria-Geral espanhola pediu 150 anos de prisão pelo coronel Inocente Orlando Montano, responsável pelo massacre na Universidade Centro-Americana (UCA) em El Salvador, onde foram assassinados o reitor, o jesuíta espanhol Ignacio Ellacuria e cinco seus coirmãos, quatro dos quais espanhóis.

A informação é publicada por L'Osservatore Romano, 10/11-05-2019. A tradução é de Luisa Rabolini.

A pena soma os 30 anos de prisão solicitados pelo assassinato de cada cidadão espanhol. É isso que relata o jornal "El País".

No massacre, ocorrido em 1989, também foram assassinadas a cozinheira da universidade e sua filha de 15 anos. O réu, então vice-ministro de segurança pública, é um dos cinco coronéis chamados a responder pelo massacre.

 

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Pedidos 150 anos para o responsável pelo massacre dos jesuítas - Instituto Humanitas Unisinos - IHU