AMLO defende Francisco: “Ninguém ousou insultar o papa como Milei fez, e sem fundamento”

Mais Lidos

  • Católicos cínicos e a negatividade em relação ao Papa Francisco. Artigo de Massimo Faggioli

    LER MAIS
  • Influenciadores ou evangelizadores digitais católicos? Artigo de Dom Joaquim Mol

    LER MAIS
  • Campanha da Fraternidade 2024: Fraternidade e Amizade Social. Artigo de José Geraldo de Sousa Junior e Ana Paula Daltoé Inglêz Barbalho

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

14 Setembro 2023

  • O presidente afirmou que “não há diferença” entre Javier Milei e os demais políticos conservadores.

  • “Que tudo isso se espalhe, que não haja censura, porque tudo está escondido, e o conservadorismo é isso, isso é conservadorismo, nada mais do isso. Repito: não existe simulação em Milei, não existe hipocrisia, é o que ele pensa: é isto, e há outros conservadores hipócritas que permanecem em silêncio, mas são iguais”.

A reportagem é publicada por Religión Digital,13-09-2023. 

Nesta quarta-feira, o presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, afirmou que “não há diferença” entre Javier Milei, candidato presidencial de extrema-direita argentina, e os demais políticos conservadores. Ele criticou Milei, que lidera as pesquisas eleitorais, após exibir um vídeo do candidato no qual chama o Papa Francisco de “imbecil”, além de acusá-lo de promover o comunismo e de ser "o maligno da Terra que ocupa o trono da casa de Deus".

“Ninguém se atreveu a insultar o Papa como Milei faz e sem fundamento, só por causa do seu conservadorismo, porque é assim que eles são. E não pensem que há diferença entre Milei e outro conservador. Não. Eles são iguais, o que acontece é que Milei diz isso porque é desbocado”, declarou López Obrador em sua coletiva de imprensa diária.

Ascensão de Hitler

O governante mexicano já havia criticado Milei após ter sido o mais votado nas primárias, abertas, simultâneas e obrigatórias (PASO) em agosto passado, quando fez referência à ascensão de Hitler na Alemanha ao comentar sua vitória.

Embora o libertário tenha gerado polêmica por propostas como a dolarização da economia argentina, a eliminação do banco central e a liberalização da venda de órgãos, López Obrador destacou que a única diferença entre Milei e outros conservadores é que ele não é hipócrita.

“Que tudo isso se espalhe, que não haja censura, porque tudo isso está escondido, e o conservadorismo é isso, isso é conservadorismo, nada mais do isso. Repito: não existe simulação em Milei, não existe hipocrisia, é o que ele pensa: é isto, e há outros conservadores hipócritas que permanecem calados, mas são iguais”, observou.

“Não há moderados nem extremistas” na direita

Neste sentido, López Obrador questionou que os analistas falem sobre a ascensão da extrema-direita, considerando que não há diferenças entre moderados e radicais.

"Recentemente começou na América Latina e no mundo uma corrente que chamam de 'extrema-direita'. Não concordo com isso, todos são iguais, não há moderados ou extremistas no conservadorismo", afirmou.

Milei e seu partido, La Libertad Avanza, lideram as pesquisas antes das eleições presidenciais de 22 de outubro.

Caso não se alcancem 45% dos votos ou pelo menos 40% e 10 pontos de diferença em relação ao segundo, haverá um segundo turno em 19 de novembro para eleger o presidente que governará a Argentina a partir de 10 de dezembro, para o período de 2023-2027.

López Obrador comparou a ascensão do libertário argentino à do partido espanhol de extrema-direita, Vox.

“Acontece que de repente aparece um personagem na Argentina, igual ao Vox na Espanha, que é um movimento e tanto, mas esse da Argentina começa a cativar setores, principalmente de classe média, conservadores”, comentou.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

AMLO defende Francisco: “Ninguém ousou insultar o papa como Milei fez, e sem fundamento” - Instituto Humanitas Unisinos - IHU