Como Elon Musk quer criar 'vida eterna' transferindo informações do cérebro para o computador

Mais Lidos

  • “Com Francisco cumpre-se a profecia de Arrupe”. Entrevista com Pedro Miguel Lamet

    LER MAIS
  • Às leitoras e aos leitores. Sobre o envio da Newsletter

    LER MAIS
  • Somos todos aspirantes a cristãos. Entrevista com Paolo Ricca

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

26 Setembro 2018

Usar a tecnologia para que ela nos permita "viver para sempre" parece uma possibilidade distante, mas, acredite, já há quem esteja trabalhando para que isso se torne realidade em menos tempo do que talvez imaginemos.

A reportagem é publicada por BBC Brasil, 24-09-2018.

O empresário Elon Musk, por exemplo, está trabalhando em um projeto para conectar o cérebro humano a um computador. A ideia é "libertar" o cérebro do corpo, quando este estiver envelhecido, e abrir a porta para uma vida digital...eterna.

Esta e outras tecnologias fazem parte de um movimento chamado "transumanismo", que defende o uso da tecnologia e da inteligência artificial para melhorar a qualidade da vida humana.

Trata-se de usar a tecnologia para aprimorar nosso estado intelectual, físico e psicológico, por meio, por exemplo, do chamado "mind-upload", expressão criada dentro dessa filosofia para se referir à "transferência da mente" humana para um computador.

Os cientistas dizem que copiar a mente de alguém, suas memórias e personalidade em um computador é possível, em teoria - mas o cérebro tem muitos mistérios.

Ele têm 86 bilhões de neurônios, uma rede produzindo pensamentos via cargas elétricas.

Como um computador

Os cientistas analisam as funções do cérebro como a de um computador.

O cérebro transforma a entrada de dados, como os sensoriais, em ações, como o nosso comportamento, através de cálculos.

Para alguns cientistas, com a tecnologia certa, poderíamos copiar a mente em uma máquina.

Críticos argumentam que as complexidades do cérebro não podem ser replicadas.

Mas há quem esteja trabalhando para tornar isso possível.

Pesquisadores esperam conseguir, em 15 anos, mapear a atividade dos neurônios de um rato.

Ou seja, vai demorar, mas os transumanistas creem na fusão futura entre homem e máquina.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Como Elon Musk quer criar 'vida eterna' transferindo informações do cérebro para o computador - Instituto Humanitas Unisinos - IHU