Mudanças climáticas – Escassez global de água para agricultura vai piorar

Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Mais Lidos

  • Lula manda carta a Francisco e mostra seu temor pelo “risco” do segundo turno nas eleições

    LER MAIS
  • A síndrome de Cassandra

    LER MAIS
  • Uso abusivo da religião nas eleições. Artigo de Frei Gilvander Moreira

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


22 Setembro 2022


Se as emissões de gases de efeito estufa continuarem a aumentar, prevê-se que a escassez de água agrícola se intensifique em 84% das terras agrícolas de 2026 a 2050.

 

A reportagem é publicada por American Geophysical Union e reproduzida por EcoDebate, 21-09-2022. A tradução e a edição são de Henrique Cortez

 

Espera-se que a escassez de água agrícola aumente em mais de 80% das terras agrícolas do mundo até 2050, de acordo com um novo estudo publicado na revista Earth’s Future da AGU.

 

O novo estudo examina as necessidades de água atuais e futuras para a agricultura global e prevê se os níveis de água disponíveis, seja da chuva ou da irrigação, serão suficientes para atender a essas necessidades sob as mudanças climáticas. Para isso, os pesquisadores desenvolveram um novo índice para medir e prever a escassez de água nas duas principais fontes da agricultura: água do solo que vem da chuva, chamada de água verde, e irrigação de rios, lagos e águas subterrâneas, chamada de água azul. É o primeiro estudo a aplicar este índice abrangente em todo o mundo e prever a escassez global de água azul e verde como resultado das mudanças climáticas.

 

“Como o maior usuário de recursos hídricos azuis e verdes, a produção agrícola enfrenta desafios sem precedentes”, disse Xingcai Liu, professor associado do Instituto de Ciências Geográficas e Pesquisa de Recursos Naturais da Academia Chinesa de Ciências e principal autor do novo estudo. “Este índice permite uma avaliação da escassez de água agrícola em terras de sequeiro e irrigadas de forma consistente.”

 

Nos últimos 100 anos, a demanda por água em todo o mundo cresceu duas vezes mais rápido que a população humana. A escassez de água já é um problema em todos os continentes com agricultura, apresentando uma grande ameaça à segurança alimentar. Apesar disso, a maioria dos modelos de escassez de água não conseguiu dar uma olhada abrangente tanto na água azul quanto na verde.

 

A água verde é a porção da água da chuva que está disponível para as plantas no solo. A maioria da precipitação acaba como água verde, mas muitas vezes é ignorada porque é invisível no solo e não pode ser extraída para outros usos. A quantidade de água verde disponível para as culturas depende da quantidade de chuva que uma área recebe e da quantidade de água perdida devido ao escoamento e evaporação. As práticas agrícolas, a vegetação que cobre a área, o tipo de solo e a inclinação do terreno também podem ter efeito. À medida que as temperaturas e os padrões de chuva mudam sob as mudanças climáticas, e as práticas agrícolas se intensificam para atender às necessidades da população em crescimento, a água verde disponível para as plantações provavelmente também mudará.

 

Mesfin Mekonnen, professor assistente de Engenharia Civil, Construção e Ambiental da Universidade do Alabama, que não esteve envolvido no estudo, disse que o trabalho é “muito oportuno para destacar o impacto do clima na disponibilidade de água nas áreas de cultivo”.

 

“O que torna o artigo interessante é desenvolver um indicador de escassez de água levando em consideração tanto a água azul quanto a água verde”, disse ele. “A maioria dos estudos se concentra apenas nos recursos de água azul, dando pouca consideração à água verde.”

 

Os pesquisadores descobriram que, sob as mudanças climáticas, a escassez global de água para agricultura piorará em até 84% das terras cultivadas, com uma perda de abastecimento de água levando à escassez em cerca de 60% dessas terras agrícolas.

 

Soluções de semeadura

 

Mudanças na água verde disponível, devido à mudança nos padrões de precipitação e evaporação causada por temperaturas mais altas, agora devem impactar cerca de 16% das terras agrícolas globais. Adicionar essa importante dimensão à nossa compreensão da escassez de água pode ter implicações para a gestão da água na agricultura. Por exemplo, prevê-se que o nordeste da China e o Sahel, na África, recebam mais chuva, o que pode ajudar a aliviar a escassez de água agrícola. No entanto, a redução da precipitação no meio-oeste dos EUA e no noroeste da Índia pode levar a aumentos na irrigação para apoiar a agricultura intensa.

 

O novo índice pode ajudar os países a avaliar a ameaça e as causas da escassez de água na agricultura e desenvolver estratégias para reduzir o impacto de futuras secas.

 

Várias práticas ajudam a conservar a água agrícola. A cobertura morta reduz a evaporação do solo, o plantio direto estimula a infiltração da água no solo e o ajuste do tempo de plantio pode alinhar melhor o crescimento das culturas com as mudanças nos padrões de chuva. Além disso, a agricultura de contorno, onde os agricultores cultivam o solo em terrenos inclinados em fileiras com a mesma elevação, evita o escoamento da água e a erosão do solo.

 

“A longo prazo, melhorar a infraestrutura de irrigação, por exemplo na África, e a eficiência da irrigação seriam formas eficazes de mitigar os efeitos das futuras mudanças climáticas no contexto da crescente demanda por alimentos”, disse Liu.

 

Disponibilidade de água e necessidades agrícolas de água
Disponibilidade de água e necessidades agrícolas de água (ETc) durante o período da linha de base (1981–2005) no nível da célula da grade (0,5° × 0,5°). (a) disponibilidade de água azul (WAblue), (b) disponibilidade de água verde (WAgreen), (c) necessidade de água para as culturas (ETc) e (d) índice de escassez de água agrícola (WSIag).

 

Referência

 

Xingcai Liu et al, Global Agricultural Water Scarcity Assessment Incorporating Blue and Green Water Availability Under Future Climate Change, Earth’s Future (2022). DOI.

 

Leia mais

 

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Mudanças climáticas – Escassez global de água para agricultura vai piorar - Instituto Humanitas Unisinos - IHU

##CHILD
picture
ASAV
Fechar

Deixe seu Comentário

profile picture
ASAV