Há esperança para a conservação da natureza?

Mais Lidos

  • Influenciadores ou evangelizadores digitais católicos? Artigo de Dom Joaquim Mol

    LER MAIS
  • Os equilíbrios de Lula no Brasil pós-Bolsonaro. Artigo de Bernardo Gutiérrez

    LER MAIS
  • Para onde estamos indo? Artigo de Leonardo Boff

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

01 Setembro 2016

Este ensaio, que acaba de ser publicado (em inglês), argumenta que ainda há esperança para o futuro da conservação da natureza.

A introdução do ensaio foi publicada por EcoDebate, 31/08/2016.

Caros colegas,

Para ser claro, os desafios que enfrentamos à frente, na conservação da natureza, são enormes e, em muitos casos, sem precedentes. Mas também é importante destacar os aspectos positivos e progresso que vem sendo feito, porque, caso contrário, é muito fácil perder a esperança no futuro.

Por favor, compartilhe este ensaio com qualquer pessoa que possa estar interessado.

Tudo de bom,

Bill

William F. Laurance, PhD, FAA, FAAAS, FRSQ
Distinguished Research Professor & Australian Laureate
Prince Bernhard Chair in International Nature Conservation
Director of the Centre for Tropical Environmental and Sustainability Science (TESS)

O texto, em português, pode ser lido clicando aqui.

Leia mais...

Conservação da natureza perdeu 5,2 milhões de hectares de florestas nativas nas últimas três décadas

"Carta" papal alerta para a preservação do meio ambiente

“A nova economia tem que estar casada com a ecologia”. Entrevista especial com Carlos Rittl

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Há esperança para a conservação da natureza? - Instituto Humanitas Unisinos - IHU