Dom Leonardo Steiner: “Peço, com insistência, que incentivemos as pessoas a buscarem a vacina”

Mais Lidos

  • Varsóvia e Gaza: 80 anos depois, dois guetos e o mesmo nazismo... e a mídia finge não ver o Terror de Estado de Netanyahu. Artigo de Luiz Cláudio Cunha

    LER MAIS
  • A 'facisfera' católica: jovens sacerdotes ultraconservadores que rezam no YouTube pela morte do Papa Francisco

    LER MAIS
  • A fé que ressurge do secularismo e do vírus. Artigo de Tomáš Halík

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

16 Agosto 2021

 

As resistências que algumas pessoas estão colocando diante da vacina contra a Covid-19, que já provocou, segundo números oficiais da Fundação de Vigilância em Saúde, 13.622 mortes no Estado do Amazonas, fez com que o arcebispo de Manaus, Dom Leonardo Steiner, numa mensagem dirigida ao Povo de Deus da Arquidiocese de Manaus, pede “com insistência, que incentivemos as pessoas a buscarem a vacina”.

A reportagem é de Luis Miguel Modino.

A mensagem, que pede para ler em todas as celebrações, começa agradecendo “a todas as famílias e comunidades que continuam a seguir as orientações e determinações enviadas para superar a pandemia do COVID-19”. Junto com isso destaca a “contribuição significativa no cuidado para com os irmãos mais necessitados através das cestas básicas, material de higiene pessoal e, especialmente, na preservação da saúde nas nossas celebrações e encontros”.

Segundo o arcebispo, a vacina, “ela é necessária para criar uma imunidade que possa eliminar a transmissão do vírus”. Por isso, Dom Leonardo insiste em que “quanto mais tempo demorar a imunização da população, mais facilmente o vírus passa por mutações, dificultando o controle do mesmo”.

Dom Leonardo Steiner insiste em que “é um dever ético e moral ser vacinado. É nossa contribuição que oferecemos às nossas famílias e à sociedade”.

 

 

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Dom Leonardo Steiner: “Peço, com insistência, que incentivemos as pessoas a buscarem a vacina” - Instituto Humanitas Unisinos - IHU