Marcha Mundial das Mulheres não reconhece “Fórum Social Temático 2013” em Porto Alegre

Mais Lidos

  • Elon Musk e o “fardo do nerd branco”

    LER MAIS
  • O Novo Ensino Médio e as novas desigualdades. Artigo de Roberto Rafael Dias da Silva

    LER MAIS
  • “Um Netanyahu em plena fuga para a frente vai responder ao Irã, e apenas os EUA podem evitar o pior”

    LER MAIS

Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

09 Janeiro 2013

A Marcha Mundial das Mulheres RS divulgou nota chamando todas as militantes feministas a não participarem do evento que está sendo chamado de Fórum Social Mundial Temático 2013/Porto Alegre, organizado pela prefeitura da capital gaúcha e por um grupo de entidades. “Orientamos a todas as militantes feministas a não participarem deste evento, por entender que ele fere a Carta de Princípios do Fórum Social Mundial, uma vez que não apresenta uma agenda política internacional de contraponto à Davos, ao imperialismo, ao neoliberalismo e ao capital. Nossa luta é de resistência ao modelo capitalista patriarcal, representado pelos setores que apoiam este evento de janeiro em Porto Alegre”, diz a nota.

A informação é publicada pelo blog RS Urgente, 07-01-2013.

As militantes da Marcha não reconhecem o evento por entender que ele está na “contramão das lutas históricas contra o neoliberalismo e o imperialismo, o conservadorismo e a institucionalização, orquestrada por governos ou por determinado setor”.

Sobre esse último ponto, a nota destaca que uma destas tentativas está em curso em Porto Alegre, inclusive com um projeto de lei do Executivo tramitando na Câmara de Vereadores que estabelece a anuidade do evento.

“Isto agrada apenas à indústria Fórum e, claro, ao capital, ao oportunismo e a despolitização. Não vamos compactuar com esta manobra política e queremos contribuir para o restabelecimento de uma efetiva agenda política de crítica global do sistema”.

A íntegra da nota pode se lida aqui.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Marcha Mundial das Mulheres não reconhece “Fórum Social Temático 2013” em Porto Alegre - Instituto Humanitas Unisinos - IHU