Relatório McCarrick. A emoção do Papa Francisco. Proximidade às vítimas de todos os abusos

Mais Lidos

  • Católicos cínicos e a negatividade em relação ao Papa Francisco. Artigo de Massimo Faggioli

    LER MAIS
  • Influenciadores ou evangelizadores digitais católicos? Artigo de Dom Joaquim Mol

    LER MAIS
  • Campanha da Fraternidade 2024: Fraternidade e Amizade Social. Artigo de José Geraldo de Sousa Junior e Ana Paula Daltoé Inglêz Barbalho

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

12 Novembro 2020

Numa declaração o cardeal Secretário de Estado Pietro Parolin, afirma que o documento é um texto exaustivo, que comportou um exame cuidadoso de toda a documentação relevante dos arquivos da Santa Sé.

A reportagem é de Silvonei José, publicada por Vatican News, 11-11-2020.

Foi publicado nesta, terça-feira (10/11), aqui no Vaticano, o Relatório sobre o conhecimento institucional e o processo decisório da Santa Sé concernente ao ex-cardeal Theodore Edgar McCarrick que a Secretaria de Estado elaborou a pedido do Papa.

No final da audiência geral desta quarta-feira na Biblioteca do Palácio Apostólico o Papa disse:

"Ontem foi publicado o Relatório sobre o doloroso caso do ex- cardeal Theodore McCarrick. Renovo a minha proximidade às vítimas de todos os abusos e o compromisso da Igreja em erradicar este mal".

Em seguida o Papa fez um monento de silêncio.

Numa declaração o cardeal Secretário de Estado Pietro Parolin, afirma que o documento é um texto exaustivo, que comportou um exame cuidadoso de toda a documentação relevante dos arquivos da Santa Sé, da Nunciatura em Washington e das dioceses dos Estados Unidos envolvidas de várias maneiras. A complexa investigação foi integrada com informações obtidas em colóquios com testemunhas e pessoas informadas dos fatos, de modo a obter uma imagem o mais completa possível e um conhecimento mais detalhado e preciso das informações relevantes. O cardeal Parolin afirma que o Relatório é publicado com tristeza pelas feridas causadas às vítimas, às suas famílias, à Igreja nos Estados Unidos, à Igreja Universal.

 

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Relatório McCarrick. A emoção do Papa Francisco. Proximidade às vítimas de todos os abusos - Instituto Humanitas Unisinos - IHU