Argentina. O "cura villero” (padre das favelas) torna-se bispo

Mais Lidos

  • Como o Papa Francisco está tentando “feminilizar” a Igreja

    LER MAIS
  • “Os maus-tratos aos animais é uma expressão do mal e da nossa incapacidade de aceitar os outros”. Entrevista com Corine Pelluchon

    LER MAIS
  • Israel-Palestina. Um soldado se sacrifica e um primeiro-ministro renuncia: o genocídio em Gaza provoca ações desesperadas

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

21 Novembro 2017

O Papa Francisco nomeou, no dia 20-11-2017, como bispo auxiliar de Buenos Aires um dos "curas villeros”, os padres que há anos vivem entre o povo das favelas da metrópole argentina. É o padre Gustavo Oscar Carrara, atual vigário episcopal para as "Villas de Emergencia” da diocese e pároco da paróquia de Santa Maria, Madre del Pueblo, em Buenos Aires. Foi-lhe atribuído a sede titular de Tasbalta e, presumivelmente, vai continuar a desempenhar o seu trabalho nas favelas da capital argentina.

A informação é de Andrea Tornielli, publicada por Vatican Insider, 20-11-2017. A tradução é de Luisa Rabolini.

bispo Gustavo Oscar Carrara (Foto: Revista Ecclesia)

Nascido em Buenos Aires em 24 de maio de 1973, Carrara realizou seus estudos de filosofia e teologia no Seminário Maior da cidade e foi ordenado padre em 24 de outubro de 1998. Foi vigário paroquial até 2007, depois pároco e responsável pela Comissão Pastoral Juvenil da arquidiocese de Buenos Aires, vice-assessor do Conselho diocesano da Ação Católica Argentina, então reitor e membro do Conselho Presbiteral.

É desde setembro de 2013 que vários meios de comunicação argentinos consideravam iminente a nomeação de um "bispo villero” citando explicitamente seu nome, pois entre o grupo de sacerdotes que o então cardeal Bergoglio queria sempre presentes nas favelas, o seu era o perfil considerado mais adequado para uma eventual ordenação episcopal. Carrara torna-se auxiliar do sucessor de Bergoglio em Buenos Aires, o cardeal Mario Aurelio Poli.

O Papa Francisco também nomeou um novo bispo auxiliar da diocese argentina de Lomas de Zamora: é o padre Jorge Ignacio García Cuerva, do clero da diocese de San Isidro, atual pároco de Nuestra Señora de la Cava, em Beccar.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Argentina. O "cura villero” (padre das favelas) torna-se bispo - Instituto Humanitas Unisinos - IHU