“O presidente Lula mudou e dará mais alta prioridade ao combate do desmatamento”, afirma Marina Silva

Mais Lidos

  • A hierarquia se opõe à abertura aos fiéis LGBT, mas o Espírito sopra onde quer

    LER MAIS
  • O que é e como opera o negacionismo? Entrevista com Donatella Di Cesare

    LER MAIS
  • Racismo anti-indígena e a nova faceta do agrogolpe: o pacto narcísico da branquitude ‘aliada’

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

16 Novembro 2022

Segundo a deputada eleita e ex-ministra, diferentemente de 2002, o combate às atividades ilegais e a política ambiental será do governo e não somente do ministério do Meio Ambiente.

A reportagem é publicada por Brasil 247, 14-11-2022.

Em entrevista à BBC Brasil, a deputada federal eleita e cotada para assumir o Ministério do Meio Ambiente Marina Silva afirma que a tarefa do novo governo de combater o desmatamento "não será fácil", pois o quadro atual é "incomparavelmente mais grave" que o existente quando Lula (PT) assumiu a Presidência em 2003.

"A sociedade sabe que agora a prioridade é combater sem trégua o desmatamento criminoso para que se alcance o desmatamento zero", enfatizou. "Não é algo que seja fácil, porque hoje nós temos uma situação incomparavelmente mais grave do que tínhamos em 2003, mas temos uma vantagem. Nós já temos uma experiência que deu certo", acrescentou.

Marina Silva salientou que a proteção ambiental será um compromisso de todos os ministérios no governo Lula, não apenas do Ministério do Meio Ambiente.

"O presidente Lula mudou. Naquela época, o combate às atividades ilegais e a política ambiental eram diretrizes só do ministério (do Meio Ambiente). Agora, o próprio presidente assumiu como sendo de todo o governo", afirmou.

Segundo ela, Lula defende que a política ambiental seja transversal e que o clima esteja no mais alto nível de prioridade e com desmatamento zero.

Marina está na Cúpula do Clima das Nações Unidas, no Egito, onde Lula estará presente a partir desta terça-feira (15). Ela tem se reunido com lideranças internacionais, como a vice-presidente da Colômbia, o Ministro do Meio Ambiente do Reino Unido e o enviado especial dos Estados Unidos, John Kerry.

"Todas as lideranças com quem conversei sinalizaram que têm interesse em aumentar a cooperação com o Brasil. Nós somos o maior país da América Latina. Temos um papel importante no terreno da geopolítica e o mundo tem consciência disso. Sabe que a gente vive uma crise econômica, social e política e está muito solidário em ajudar o Brasil nesses quatro anos", disse Marina Silva.

Leia mais

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

“O presidente Lula mudou e dará mais alta prioridade ao combate do desmatamento”, afirma Marina Silva - Instituto Humanitas Unisinos - IHU