O Papa pediu pelas mulheres vítimas do tráfico que sofrem “o drama da violência”

Mais Lidos

  • Genocídio Yanomami em debate no IHU. Quanta vontade política existe para pôr fim à agonia do povo Yanomami? Artigo de Gabriel Vilardi

    LER MAIS
  • A campanha da Fraternidade 2024. Fraternidade e Amizade Social. Artigo de Flávio Lazzarin

    LER MAIS
  • A primeira pergunta de Deus ao homem foi “Onde você está?”. O Artigo é de Enzo Bianchi

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

16 Agosto 2016

Foi ao presidir, no Vaticano, a celebração da Assunção de Nossa Senhora. “Pedimos por essas mulheres para que o Senhor as coloque no caminho da vida, que as livre desta Escravidão”, disse Francisco.

A reportagem é publicada por Telam, 15-08-2016. A tradução é de André Langer.

O Papa Francisco pediu pelas mulheres vítimas do tráfico que sofrem “o drama da violência” ao presidir, no Vaticano, a celebração da Assunção de Maria.

“Pensamos, em particular, nas mulheres subjugadas pelo peso da vida e pelo drama da violência, nas mulheres escravas da prepotência dos poderosos, nas meninas obrigadas a trabalhos inumanos, nas mulheres obrigadas a render-se em corpo e espírito à cobiça dos homens”, enfatizou o Pontífice no Angelus especial desta segunda-feira pela Solenidade da Assunção da Virgem Maria.

“Que chegue o quanto antes para elas o início de uma vida de paz, de justiça, de amor, na espera do dia em que finalmente se sintam agarradas por mãos que não as humilhem, mas que com ternura as elevem e as conduzam ao céu”, acrescentou Jorge Bergoglio da tradicional janela do Palácio Apostólico que dá à Praça São Pedro.

“Pedimos por essas mulheres para que o Senhor as coloque no caminho da vida, que as livre desta Escravidão”, acrescentou.

Em sintonia com sua mensagem desta segunda-feira, Francisco visitou na sexta-feira passada um centro de reabilitação para vítimas do tráfico onde saudou 20 mulheres que foram prostitutas.

Durante a sua mensagem, o Papa acrescentou uma saudação especial de bom feriado (que hoje se celebra na Itália e no Vaticano pelo dia da Assunção de Nossa Senhora) “a todos os presentes e a todos os que se encontram em lugares de verão, assim como aos que não puderam sair de férias, especialmente os doentes, as pessoas sozinhas e aos que garantem nestes dias feriados os serviços indispensáveis para a comunidade”.

A Assunção de Maria, que comemora a subida ao céu de “corpo e alma” de Maria – sempre no dia 15 de agosto – é considerada um dogma de fé desde 1950, quando foi assim proclamada pelo Papa Pio XII na Constituição Munificentisimus Deus.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

O Papa pediu pelas mulheres vítimas do tráfico que sofrem “o drama da violência” - Instituto Humanitas Unisinos - IHU