As telas luminosas e o sono

Mais Lidos

  • Influenciadores ou evangelizadores digitais católicos? Artigo de Dom Joaquim Mol

    LER MAIS
  • Os equilíbrios de Lula no Brasil pós-Bolsonaro. Artigo de Bernardo Gutiérrez

    LER MAIS
  • Para onde estamos indo? Artigo de Leonardo Boff

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

09 Março 2011

As radiações luminosas, a interação com os outros, o tempo que corre agradavelmente até às pequenas horas. São os ingredientes que tornam a Internet a inimiga do repouso noturno. A afirmação é de Cristiano Violani, presidente da Sociedade Italiana de Pesquisa sobre o Sono e professor da Sapienza de Roma.

A reportagem é de Elena Dusi, publicada no jornal La Repubblica, 08-03-2011. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

Eis a entrevista.

A luz das telas impede que peguemos no sono?

Sim, tem um efeito sobre o ritmo circadiano [ciclo biológico que se completa em 24h]. O organismo custa a perceber a chegada da noite e a se preparar para o sono. Mesmo que a luz de uma tela possa parecer muito fraca, é suficiente para influenciar o cérebro. O que o atinge é principalmente a diferença entre o ambiente externo escuro e a iluminação do quarto.

Mas a TV também emite radiações luminosas.

Mas não é interativa. Faz cair sobre as nossas cabeças uma capa de passividade, exige um empenho cognitivo quase nulo, distrai de qualquer outro pensamento, frequentemente e com prazer nos entendia e está ligada à ausência de movimento do corpo. A Internet é muito mais estimulante e agradável. Como todas as atividades gratificantes, faz com que o tempo corra muito velozmente. As horas pequenas passam sem que nem nos demos conta.

E a luz acesa para ler um livro?

É muito mais fraca do que a emitida por uma tela, porque é refletida pela página. Até como um aliado do sono, um bom livro bate qualquer aparelho eletrônico.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

As telas luminosas e o sono - Instituto Humanitas Unisinos - IHU