O véu do silêncio. Abusos, violências, frustrações na vida religiosa feminina

Mais Lidos

  • No meio do caminho estava o CIMI: 50 anos do documento-denúncia “Y-Juca-Pirama” e a atuação do Pe. Antônio Iasi Jr, SJ

    LER MAIS
  • Frente à carnificina, testemunhar. O quê? Uma resposta do cristianismo de libertação. Artigo de Jung Mo Sung

    LER MAIS
  • Católicos versus Evangélicos no Brasil: “guerra de posição” x “guerra de movimento”. Artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

19 Novembro 2021

 

Em nome da transparência tão frequentemente invocado pelo Papa Francisco para a Igreja, o livro de Salvatore Cernuzio "Il Velo del silenzio” (O Véu do Silêncio, em tradução livre) - nas livrarias italianas a partir de 23 de novembro - abre vislumbres de uma grave problemática dentro da vida consagrada feminina: abusos de poder, de consciência ou sexuais dentro de ordens, mosteiros e institutos, que levam mulheres e jovens a apagar o fogo da vocação e a abandonar o caminho religioso empreendido, mesmo depois de anos.

 

A informação é publicada por Grupo Editorial San Paolo, 18-11-2021. A tradução é de Luisa Rabolini.

 

Il velo del silenzio. Abusi, violenze, frustrazioni
nella vita religiosa femminile

 

São elas mesmas, freiras ou ex-freiras, que estão para deixar ou já deixaram a que por anos foi a sua "casa", para contar o que sofreram: mobbing, chantagens, manipulações, discriminações com base na nacionalidade, violação do foro interno (ou seja, dos segredos da própria consciência), problemas de saúde subestimados ou usados como pretexto para a marginalização.

 

A obra reúne - de forma absolutamente anônima - os testemunhos de mulheres de todo o mundo e de diferentes idades que, depois de anos de silêncio, por medo ou por estar sob forte pressão psicológica, decidiram fazer ouvir a sua voz, para poder ajudar quem ainda não tem coragem de reagir. Um "véu", como aquele que se tira da cabeça, que agora cai para revelar histórias de outra forma escondidas.

 

Por isso, o livro oferece também sugestões sobre os percursos do "renascimento", portanto sobre aos instrumentos do Direito Canônico ou da psicoterapia em apoio e tutela das mulheres consagradas ou sobre as iniciativas dentro da Igreja que ajudam essas mulheres a retomar a vida em suas mãos e ir em frente, às vezes até reiniciando o caminho religioso.

 

Sobre o autor

 

Salvatore Cernuzio nasceu em Crotone em 2 de julho de 1987. É casado e pai de quatro filhos. Desde 2011 acompanha a informação religiosa e as atividades do Papa, tendo trabalhado como vaticanista para a agência católica Zenit e depois para o portal Vatican Insider do jornal La Stampa, onde também tratou de temáticas sociais. Colabora com jornais italianos e internacionais, viajou pela Itália e em várias partes do mundo para acompanhar as viagens do Papa ou realizar reportagens sobre as diversas realidades locais da Igreja. Editou o livro Dom Pino, mártir da Máfia, do postulador da Causa da canonização, Dom Vincenzo Bertolone. Desde 2021 faz parte da redação do Vatican News - Rádio Vaticano.

 

Sobre a obra

 

- Prefácio da Irmã Nathalie Becquart, XMCJ;

- Introdução do Padre Giovanni Cucci, SJ;

- Entrevista com o Prof. Tonino Cantelmi e uma contribuição do Prof. Giorgio Giovanelli.

 

Leia mais

 

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

O véu do silêncio. Abusos, violências, frustrações na vida religiosa feminina - Instituto Humanitas Unisinos - IHU