Sobre a prisão do Card. Zen as palavras dos porta-vozes do Vaticano e da Casa Branca

Mais Lidos

  • As responsabilidades das Forças Armadas no golpe. Artigo de Jean Marc von der Weid

    LER MAIS
  • “Gostaria de mais casos de anulação de casamento. Ajuda a curar o sofrimento da separação”, afirma cardeal Zuppi

    LER MAIS
  • Terra Yanomami tem 363 mortes registradas no 1º ano do governo Lula

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

12 Mai 2022

 

Sobre a prisão hoje do cardeal chinês Joseph Zen, Matteo Bruni, diretor da Sampa da Santa Sé, distribuiu uma declaração escrita com o seguinte teor:

"A Santa Sé tomou conhecimento com preocupação da notícia da prisão do Cardeal Zen e acompanha a evolução da situação com extrema atenção”.

 

A informação é de Luis Badilla, publicada por Il Sismografo, 11-05-2022. A tradução é de Luisa Rabolini.

 

Karine Jean-Pierre, porta-voz adjunta da Casa Branca, disse em um briefing:

 

“A liberdade de expressão é essencial para sociedades prósperas e seguras. Pedimos à República Popular Chinesa e às autoridades de cessar a perseguição dos defensores de Hong Kong e de libertar imediatamente aqueles que foram detidos e acusados injustamente, como o cardeal Joseph Zen ... e outros detidos hoje".

 

PS. Por volta das 19h (horário italiano), a RaiNews confirmou que o Cardeal Zen foi libertado sob fiança.

 

Leia mais

 

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Sobre a prisão do Card. Zen as palavras dos porta-vozes do Vaticano e da Casa Branca - Instituto Humanitas Unisinos - IHU