Meisner vê Bento XVI “muito fragilizado”

Mais Lidos

  • “O mundo da educação foi sobrecarregado e perturbado pelo surgimento do ChatGPT”. Discurso do cardeal José Tolentino de Mendonça

    LER MAIS
  • O “Filioque” e a história. Artigo de Flávio Lazzarin

    LER MAIS
  • Inaugurado o novo escritório do Serviço Jesuíta a Migrantes e Refugiados na UNISINOS: um sonho de Pedro Arrupe

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Por: André | 11 Mai 2013

O cardeal alemão Joachim Meisner mostrou-se comovido com o aspecto e o estado de saúde do Papa emérito Bento XVI que, segundo relatou, estão fragilizados. O religioso destacou a lucidez mental do ex-líder da Igreja católica.

 
Fonte: http://goo.gl/nTOkZ  

A reportagem está publicada no sítio Religión Digital, 09-05-2013. A tradução é do Cepat.

O cardeal manteve uma reunião com Joseph Ratzinger no dia 18 de março passado.

Manifestou que, no começo, não estava de acordo com sua renúncia, mas que “mudou de opinião” quando se deu conta do seu atual estado de saúde.

“Do ponto de vista intelectual, ao contrário, está muito bem, como antes”, acrescentou o arcebispo.

Meisner considera que o cargo do papa, assim como o matrimônio, deve terminar com a morte.

Pela primeira vez desde que está morando em Castel Gandolfo, na Itália, Ratzinger visitou o Papa Francisco no Vaticano, onde ambos mantiveram um encontro (foto).

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Meisner vê Bento XVI “muito fragilizado” - Instituto Humanitas Unisinos - IHU