Agora o Facebook rastreia as atividades do usuário na internet e reúne seus dados

Mais Lidos

  • “O mundo da educação foi sobrecarregado e perturbado pelo surgimento do ChatGPT”. Discurso do cardeal José Tolentino de Mendonça

    LER MAIS
  • O “Filioque” e a história. Artigo de Flávio Lazzarin

    LER MAIS
  • Até quando? Editorial do L’Osservatore Romano

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Por: André | 09 Fevereiro 2015

A rede social Facebook começou a realizar um rastreamento mais detalhado das atividades do usuário na internet e agora reúne ainda mais as informações sobre as páginas na internet visitadas, os aplicativos usados ou as buscas realizadas na rede.

 
Fonte: http://bit.ly/1FcooBK  

A reportagem está publicada no canal de notícias russo RT, 04-02-2015, em sua versão em espanhol. A tradução é de André Langer.

Ao iniciar a sessão depois do dia 30 de janeiro passado, os usuários automaticamente aceitaram as novas condições de uso, sem a possibilidade de recusar as futuras normas. Têm apenas duas possibilidades: aceitar ou dar baixa, informa o Daily Mail.

Com estas novas condições de uso, a companhia de Zuckerberg pode fazer um amplo rastreamento do comportamento de um usuário fora da rede social, incluindo buscas on-line ou os dados que compartilha com uma loja on-line ao fazer uma compra.

O Facebook assegura que estas mudanças ajudarão para que a plataforma ajuste a publicidade de acordo com os interesses de cada usuário. Além disso, assinala que as novas políticas de privacidade foram projetadas para que sejam mais facilmente entendidas.

Entretanto, a maioria dos usuários não está consciente da radical mudança que aceitou, e as novas regras de uso foram condenadas pelos defensores da privacidade, reavivando os temores sobre a transparência do Facebook na hora de fazer uso dos dados pessoais de seus usuários e sua privacidade.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Agora o Facebook rastreia as atividades do usuário na internet e reúne seus dados - Instituto Humanitas Unisinos - IHU