Papa Francisco não terá perfil no Facebook

Mais Lidos

  • “O governo de Milei é um governo-isca”. Entrevista com Magdalena Chirom

    LER MAIS
  • De Gaza à terra indígena Yanomami, os genocídios de nosso tempo. Destaques da Semana no IHU Cast

    LER MAIS
  • Boletim especial sobre as mulheres no mercado de trabalho

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

03 Março 2014

No Vaticano, por enquanto, decidiram arquivar a hipótese principalmente pelas dificuldades com relação ao controle de materiais impróprios.

A reportagem é do sítio Fanpage, 28-02-2014. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

O Papa Francisco não terá um perfil próprio no Facebook, pelo menos por enquanto. Foi o que explicaram fontes oficiais da Santa Sé à agência Ansa, depois que rumores da imprensa davam como iminente o desembarque do pontífice na conhecida rede social digital.

O Vaticano estava estudando a possibilidade de criar um perfil para o papa, como fizera com o Twitter, mas, depois de uma atenta análise por parte da Cúria Romana e dos especialistas encarregados, chegou-se à conclusão de não fazer nada por enquanto.

Durante a operação dos escritórios técnicos do Vaticano, teriam surgido muitas dificuldades práticas, especialmente com relação ao controle de materiais impróprios. A equipe de cientistas da computação encarregados de seguir o procedimento teria evidenciado que seria muito difícil impedir uma eventual tentativa de publicação no perfil de mensagens e conteúdos ofensivos ou impróprios pelos usuários da rede.

Impulso ao perfil do Twitter

Por razões de oportunidade, portanto, os órgãos de comunicação do Vaticano, por enquanto, decidiram arquivar a hipótese do papa no Facebook. A comunicação online do Papa Francisco, porém, continuará se centrando no perfil do Twitter, @Pontifex, que, nas várias línguas, conta com mais de 12 milhões de seguidores.

Além disso, a rede ama o Papa Francisco, que, além do grande número de seguidores registrado no Twitter, também foi o personagem do ano para a internet e é quem tem o maior número de buscas mensais no Google.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Papa Francisco não terá perfil no Facebook - Instituto Humanitas Unisinos - IHU