De cadeira de rodas, Dom Pedro Casaldáliga participa da Romaria dos Mártires da Caminhada

Mais Lidos

  • Católicos cínicos e a negatividade em relação ao Papa Francisco. Artigo de Massimo Faggioli

    LER MAIS
  • Influenciadores ou evangelizadores digitais católicos? Artigo de Dom Joaquim Mol

    LER MAIS
  • Campanha da Fraternidade 2024: Fraternidade e Amizade Social. Artigo de José Geraldo de Sousa Junior e Ana Paula Daltoé Inglêz Barbalho

    LER MAIS

Newsletter IHU

Fique atualizado das Notícias do Dia, inscreva-se na newsletter do IHU


Revista ihu on-line

Zooliteratura. A virada animal e vegetal contra o antropocentrismo

Edição: 552

Leia mais

Modernismos. A fratura entre a modernidade artística e social no Brasil

Edição: 551

Leia mais

Metaverso. A experiência humana sob outros horizontes

Edição: 550

Leia mais

Por: Cesar Sanson | 20 Julho 2016

O bispo Dom Pedro Casaldáliga marcou presença na Romaria dos Mártires da Caminhada, evento realizado pela Prelazia de São Félix do Araguaia no município de Ribeirão Cascalheira para lembrar da morte do padre João Bosco, assassinado por militares quando tentava impedir que uma mulher fosse torturada na cadeia pública. 

A informação é da Agência de Notícias Portal do Mato Grosso, 18-07-2016.

Mais de 15 mil pessoas participaram da Romaria, que teve como ponto alto, a caminhada pelas ruas da cidade em direção ao santuário levantado pela própria comunidade no local onde o crime foi cometido. A presença de Dom Pedro, que tem 88 anos, era uma dúvida.

A saúde do religioso esta frágil, recentemente ele passou por uma cirurgia devido a uma queda que sofreu em casa, mas apesar das debilidades demostrou lucides, participou do cerimonial e atendeu as fiéis. Dom Pedro estava de cadeira de rodas, tem dificuldades de locomoção devido ao mal de Parkinson. Pela primeira vez o evento não contou com uma pregação do bispo, que mora em São Félix do Araguaia.

Comunicar erro

close

FECHAR

Comunicar erro.

Comunique à redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

De cadeira de rodas, Dom Pedro Casaldáliga participa da Romaria dos Mártires da Caminhada - Instituto Humanitas Unisinos - IHU